COMUNICADO

Em resposta ao Comunicado trazido a Público pela Direção do Charneca de Caparica Futebol Clube (supostamente, dado que o referido Comunicado não está assinado por ninguém e nem foi enviado para os meios de contacto do nosso Clube), vem o Grupo Desportivo de Alfarim esclarecer o seguinte:

1. O jogo que se disputou entre as duas equipas, na manhã de ontem, dia 24.07.2022, ditava que quem vencesse, garantia a presença na Fase Final do Campeonato Nacional de Futebol de Praia;

2. Antes do início do jogo, entendeu o árbitro que havia necessidade de trocar os equipamentos de uma das equipas, tendo o Alfarim feito deslocar um elemento às suas instalações, para que essa troca fosse efectuada e o jogo pudesse iniciar-se;

3. Durante este período de tempo, houve pressão por parte de elementos afectos à equipa que se deslocou da Charneca da Caparica, para que fosse atribuída falta de comparência à equipa adversária, pelo facto de esta ser responsável pelo atraso no início da partida;

4. Este clima de crispação manteve-se durante o jogo, com constantes ameaças por parte de alguns atletas da equipa da Charneca da Caparica a alguns dos nossos jovens atletas;

5. No lance que dá o 2º golo à formação da Charneca da Caparica, os nossos jovens atletas foram sendo constantemente ameaçados, no momento em que se posicionavam no campo, tendo um deles sido empurrado pelo adversário, no momento do remate do jogador da Charneca da Caparica;

6. No lance seguinte, a nossa equipa marcou o 4º golo e no seguimento desta constante pressão e ameaças por parte dos adversários, um dos nossos atletas perdeu momentaneamente a cabeça, proferindo injúrias para com um dos adversários;

7. O referido atleta do Grupo Desportivo de Alfarim, que acabou por ser expulso pelo árbitro, percebeu de imediato que tinha agido de forma menos correta – ato que obviamente, como Instituição, repudiamos, tendo pedido desculpa no local, tanto ao atleta do Charneca de Caparica como aos colegas, pelo seu ato irreflectido;

8. O incidente ficou de imediato sanado e segundo foi possível perceber no local, a razão de alguns elementos do Charneca de Caparica terem saído mais cedo do encontro, deveu-se a obrigações profissionais, que advêm do atraso com que o encontro se iniciou.


O Presidente da Direção do Grupo Desportivo de Alfarim

José Fernando Dias